A casa é sua

Um blog para quem adora viajar e planejar viagens



sábado, 5 de maio de 2012

Chapada Diamantina de carro próprio: algumas dicas

Se você vai à Chapada Diamantina, na Bahia, de carro próprio, o planejamento da viagem é diferente. No último carnaval, fui para Lençóis novamente, menos de um ano após a minha primeira visita à cidade, mas desta vez fui de carro com a família. Por isso, resolvi resumir aqui as dicas para quem vai de carro para lá e quer fazer os passeios mais próximos à cidade.

Como fazer para ir de Salvador para Lençóis de carro? - É uma viagem meio demorada, são 420 Km, mas leva menos tempo que ir de ônibus. Mas o tempo estimado varia, porque depende das condições da estrada. Na sexta-feira véspera de carnaval, levamos quase 7h para fazer o trajeto Lençóis- Salvador, mas leve em consideração que a estrada estava movimentada, que paramos por 1h para almoçar e que houve um acidente já bem perto de Lençóis, que causou a interdição de uma ponte e nos fez ficar completamente parados por quase 1h.

Saímos de Salvador e pegamos a rodovia BR 324 para a cidade de Feira de Santana. A distância entre as duas cidades é de 106 Km. No anel rodoviário de Feira de Santana, contornamos a cidade e pegamos a saída do Anel no sentido Rio de Janeiro. Andamos 8 quilômetros, e pegamos a saída em direção a Ipirá. A distância entre Feira de Santana e Ipirá é de 100 km. Chegando em Ipirá, logo após o posto de gasolina que fica na entrada da cidade, dobramos à esquerda para pegar a rodovia que liga Ipirá à cidade de Itaberaba, que é a BA 488. A distância entre Ipirá e Itaberaba é de cerca de 70 km.
Aproveitamos para almoçar em Itaberaba, na churrascaria Monte Castelo, que fica no trevo que dá acesso à cidade. É um comida a quilo gostoso e amplo.
Depois de almoçar, seguimos para Lençóis pela BR 242 (que vai para Brasília). Dirigimos por 147 km por essa rodovia até vermos o acesso a Lençóis, à esquerda. Foram mais 12 km de estrada em rodovia estadual até Lençóis.

Você também pode optar por ir de Salvador até Feira de Santana e seguir pela BR 116 até o entroncamento com a BR 242, mas o tráfego é mais pesado, cheio de caminhões.




As estradas para os passeios na Chapada são ruins? - Dependendo do lugar que você vai visitar, você não pode ter dó do seu carro. Sim, ele vai comer poeira e sacolejar pacas. Para fazer o passeio Ribeirão do Meio, poços do Serrano, Areias Coloridas, Cachoeirinha e Cachoeira da Pimavera , seu carro quase não vai ser necessário, porque as trilhas começam dentro da cidade de Lençóis. Para ir à Cachoeira dos Mosquitos, seu carro vai pegar uma estrada bem ruinzinha, e se tiver chovendo, pior ainda. Vai sacolejar, prepare-se. Numa das vezes que eu fui lá, o carro atolou. Na outra, quase não subiu uma ladeira. Para fazer o passeio Gruta Azul, Gruta da Pratinha, Gruta da Lapa Doce e Poço do Diabo , você vai andar um bom pedaço no asfalto, e o pedaço de terra é mais tranquilo. Para conhecer Poços Azul e Encantado, a maior parte da estrada é asfaltada, sem grandes perrengues. Para ir à Cachoeira do Buracão, seu carro vai cansar bastante: além da estrada asfaltada, tem 1h de estrada de terra horrível! Para ir à cachoeirinha do Pai Inácio, você vai pegar asfalto em 99% do trecho, é tranquilo.

Tem posto de gasolina em Lençóis? - Tem, mas é um posto com 1 ou 2 bombas, tão pequeno que você pode passar sem notá-lo. E é de uma bandeira completamente desconhecida. Prefira abastecer antes de chegar a Lençóis. A uns 30 km da cidade, tem um posto de bandeira conhecida.

Vou de carro. Preciso contratar um guia para fazer os passeios? - Um guia é necessário em 80% dos passeios. Não, não tem nenhuma autoridade cobrando a presença dos guias na maioria dos locais de passeio (a não ser no Buracão). Mas é mais seguro. Eles sabem os caminhos, sabem onde você deve colocar o pé, sabem a melhor hora para conhecer as grutas, sabem reconhecer se a cachoeira ou o volume do rio está perigoso, e até te ajudam na hora de descer o escorrega natural. Além disso, lembre-se que Lençóis fica no meio da Bahia, longe de hospitais bons. Um guia normalmente conhece outros vários guias, sabe o telefone de um monte de gente e se acontecer algum acidente com você, é bem melhor estar com uma pessoa que conhece tudo ao seu redor (e que vai te ajudar até você achar um médico) que estar sozinho, né?
Para chegar ao Ribeirão do Meio, você não precisa de guia. Pergunte na sua pousada como você faz para ir até lá, mas é fácil, porque a trilha começa dentro da cidade. E a trilha é quase toda plana, larga e sempre tem gente vendendo água no início e no meio dela. É para o Ribeirão do Meio que os moradores de Lençóis vão quando têm uma folguinha. Mas se você for com um guia, ele vai te ajudar e dar apoio moral caso bata um medinho de descer no escorrega.
Chegar aos Poços do Serrano também não é difícil, pois a trilha também começa dentro da cidade. Tá no início da trilha? Siga um tubo grande de água, aparente, até chegar aos Poços do Serrano. Não tem erro. Mas se você estiver com um guia, ele vai te levar para a Cachoeirinha e para a Cachoeira da Primavera, que são ali perto. Não sei explicar como chegar lá sozinho, apesar de já ter ido lá duas vezes.
Para ir à Gruta da Pratinha, dá para ir de carro, a estrada é boa, e o guia não é necessário lá. A Pratinha é um balneário, você não faz trilhas lá, apenas toma banho numa água azul linda, desce de tirolesa (com os funcionários do balneário) e faz snorkel dentro de uma gruta (com os funcionários do balneário).
Para ir à Cachoeirinha do Pai Inácio você também não precisa de guia. Siga as placas para "Orquidário do Pai Inácio" e estacione o carro. Ande na trilha aberta, bem larga, que começa com chão de pedras e depois vira terra. Você vai chegar à Cachoeirinha do Pai Inácio sem dificuldade, depois de uns 30 minutos andando.
Nos demais passeios listados neste post http://viciadaemviajar.blogspot.com.br/2011/08/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre.html acho importante ter um guia com você.

Mapa da Chapada Diamantina - O melhor mapa da Chapada Diamantina que encontrei até hoje, que dá uma noção de onde são as atrações turísticas próximas às cidades/regiões de Lençóis, Mucugê, Ibicoara, Palmeiras, Tanquinho, Iraquara, Vale do Andarí, Guiné e Igatu, é este aqui (calma, ele demora para abrir mesmo):

http://voltaaoparque.com.br/mapa.pdf


Decidi ir de carro para a Chapada e contratar um guia local. Como faço? - Você pode procurar um guia na Associação dos Condutores de Visitantes de Lençóis (ACVL), mas quando tentei fazer isso, vi que ninguém atendia o telefone lá (que é (75) 3334-1425). Eu mandei email para agências de viagem de lá, que organizam passeios com o carro da agência, e descobri que várias delas conseguem um guia para ir no carro do turista. Diga que passeios você quer fazer, e eles te darão um preço. O guia costuma cobrar cerca de R$ 100 a R$ 120 por dia e ele pode guiar um grupo de até 5 pessoas por esse valor, pelo dia inteiro (das 8h às 17h). E você está livre para combinar com ele a ordem das cachoeiras e para sugerir alterações.
Eu indico o guias Diego (telefone: 75-9975-1845) e Robson Pereira dos Santos (email: robson.lecba@hotmail.com e telefones: 75 - 9974-4417 e 75-3334-1048). O Robson  tem até uma Doblô e pode levar seu grupo nela se for o caso. Os dois foram profissionais, cuidadosos e não são daquele tipo que fica puxando conversa o tempo todo. Se você quiser bater papo, eles conversam, mas se não, eles ficam na deles.


VEJA TODOS OS POSTS SOBRE A CHAPADA DIAMANTINA

15 comentários:

Penelophy disse...

Oi, Marcelle. tudo bem?

Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Até mais,
Bóia

Marcelle disse...

Que honra, Bóia! Tô super feliz de estar linkada no blog do Ricardo, sou mega fã dele!
Obrigada pelo aviso!
Abraço,
Marcelle

Guta Vambora! disse...

Marcelle acabo de descobrir o seu blog lá pelo VNV e gostei muito! Variass dicas legais de mto lugares! Chapada Diamantina é um dos destinos do Brasil que eu tenho MUITAAA vontade de conhecer!
Vou voltar aqui mais vezes p/ pegar todas as dicas!
bjus

Relatos de Turista disse...

Oi Marcelle.
Quanta dica bacana. Gostei muito!

Um abraço, Fabiana.
http://relatosdeturista.blogspot.com.br

Marcelle disse...

Obrigada, Fabiana e Guta! Apareçam aqui quando quiserem!
bjs,
Marcelle

Anônimo disse...

Oi Marcelle,

Estou planejando minha viagem e estou adorando suas dicas. Sou de SP mas gostaria de estar de carro na Chapada.Não gosto de ficar presa na programação de um grupo... Existe alguma locadora em Lençois?
Você sabe se é muito caro um guia com carro (estaremos em somente 2 pessoas)?

Obrigada!
Abraço
Bruna

Marcelle disse...

Oi, Bruna,
Sei que em Lençois tem uma locadora de carro sim, mas pequena, local. Mas não sei o nome, nem o telefone, desculpe. Não sei quanto custa um guia com carro para duas pessoas. Mas sugiro que você entre em contato com a as agências locais que organizam passeios em grupo, pois elas oferecem esse serviço para duas pessoas. O guia Robson Pereira dos Santos (email: robson.lecba@hotmail.com e telefones: 75 - 9974-4417 e 75-3334-1048) tem uma Doblô e pode levar vocês.
Abraço,
Marcelle

Anônimo disse...

Olá, Marcelle!! Muito boa suas dicas! Pretendo visitar Lençois em janeiro com meus pais, porém, deve ser uma visita rápida, de um ou dois dias no máximo. E pelo que eu vi da sua viagem, dois dias não são suficientes para conhecer todas as belezas da Chapada Diamantina. Então, eu gostaria de saber de você, quais os lugares que mais gostou de visitar e se é possível ir por conta própria, de carro.
Abraço, Bianca.

Marcelle disse...

Oi, Bianca,

O lugar que mais gostei da Chapada foi a Cachoeira do Buracão, que fica mais distante de Lençois e requer guia. Você pode ir no seu carro, mas saiba que ele sofrerá bastante na estrada de terra. Não é permitido entrar no parque sem guia da cidade de Ibicoara. Veja mais detalhes em http://viciadaemviajar.blogspot.com.br/2011/08/aha-uhu-o-buracao-e-nosso.html

Em segundo lugar, os passeios mais bonitos são os dos poços Azul e Encantado, que são mais próximo de Lençois que o Buracão, mas ainda requerem uma viagem de mais ou menos 1h a partir de Lençois.
Veja mais em: http://viciadaemviajar.blogspot.com.br/2011/08/chapada-diamantina-poco-azul-poco.html

O passeio mais próximo de Lençois e mais legal é esse aqui:

http://viciadaemviajar.blogspot.com/2011/08/dia-de-grutas-e-agua-azul-incrivel-na.html

Dá pra fazer de carro próprio sim, mas em alguns locais vc precisará de guia.
Abs,
Marcelle

Kauê disse...

Ola. Muito boa as dicas.
Você sabe se é permitida a entrada de cães nas trilhas e cachoeiras de lençois? Estou pensando em ir em janeiro e provavelmente minha cachorra também iria.
Grato

Marcelle disse...

oi, Kauê,
É possível ir com cachorros a algumas cachoeiras da Chapada sim.
Os autores do site http://www.viagensmaneiras.com/viagens/index.htm
já levaram o cão deles na Chapada. Sugiro que entre em contato com eles para saber mais detalhes.
Abs,
Marcelle

gpa_ba disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gpa_ba disse...

Estou planejando minha viagem para Chapada. Suas dicas foram importantíssimas. Muito informativo seu post. Os viajantes de plantão agradecem! Valeu pelo trabalho!

Luciano Vidal disse...

Olá precisamos espalhar isso na rede para evitar essa catástrofe, assine por favor, e repasse aos seus amigos:

http://www.avaaz.org/po/petition/NAO_QUEREMOS_BARRAGENS_DO_AGRONEGOCIO_NAS_NASCENTES_DO_RIO_DE_CONTAS/?dSypNab

"Não existem cães mal educados, existem cães não educados!" disse...

Olá! Fui p Chapada c meu marido na semana passada. Passamos 03 dias lá. Fomos até Salvador, alugamos um carro pela Unidas (muito bom). Não há necessidade de guia para a maioria dos passeios, somente para alguns passeios onde as cachoeiras ficam mais distantes, e vc tem q caminhar por vários quilômetros p chegar, pois pode ser perigoso se perder na mata. Para passeios mais curtos e que são possíveis de se chegar de carro, há placas, orientação e funcionários dentro das fazendas e parques, que servem de acesso ás atrações. Vc terá que pagar para ter acesso á todas elas, as taxas variam de 5,00 á 40,00. Nos hospedamos em Andaraí, mas qdo voltarmos á Chapada ficaremos em Lençois, que possui melhor infraestrutura, é bem localizada p os passeios, e á noite vc se sente em uma cidade caiçara, é bem gostoso. O almoço no Poço Azul foi o melhor de todos! A Dona Alice é uma fofa e a comida é uma delícia...! A Gruta da Damarota é maravilhosa! Tem uma energia incrível, e o Tetê é um senhor muito simples e humilde, muito gente fina, que cuida de 02 filhinhos sozinho, batalhador... Conselho ficar pelo menos 01 semana p conhecer várias cachoeiras. Ficamos apenas 03 dias, uma pena não poder ficar mais tempo... mas valeu! Lugar lindo e cheio de energia, muito bom!!